Blog

Plicoma anal

O que é plicoma anal?

O plicoma anal é um excesso de pele que fica pendurada na parte externa do ânus. É um problema pouco conhecido e, muitas vezes, é confundido com as hemorróidas. Para eliminar as suas dúvidas, acompanhe o conteúdo desta leitura.


O plicoma anal caracteriza-se por um excesso (ou uma saliência) de pele que fica pendurada na região anal. É diferente das hemorróides (que causam uma série de incómodos ao portador), não possui nenhum sintoma associado, exceto em determinados casos (prurido, dificuldade de higienização e episódios de inflamação no local).

O que causa o Plicoma?

O plicoma anal resulta de um processo inflamatório crónico no ânus, que causou inchaço e, quando desincha, deixa uma pele pendurada. Exemplos:

  • Ter fezes duras, que podem lesar o ânus;

  • Gravidez;

  • Fissuras anais;

  • Irritações locais, como micoses, dermatites e eczemas anais;

  • Hemorróides;

  • Complicação na cicatrização de uma cirurgia na região anal;

  • Doenças inflamatórias intestinais, como a doença de Crohn.

  • Roupa interior muito apertada

Informações relevantes

É importante deixar claro que o plicoma em si não causa desconfortos e problemas, não oferecendo perigo ao portador. Mas se a pessoa apresenta outra patologia na região, é fundamental tratar o plicoma para que ele não cause nenhum desconforto ou complicação.

Outra informação que é importante deixar claro é que os plicomas podem apresentar vários tamanhos, que vão desde poucos milímetros até poucos centímetros, condicionando o tipo de tratamento (através de laser, cirurgia ou crioterapia).

O que fazer para evitar o agravamento do problema?

Para evitar a inflamação ou outros problemas no plicoma anal, é importante:

  • Adoptar a “Etiqueta da Evacuação”:

  • Evitar o uso do papel higiênico para realizar a limpeza anal. O ideal é, para garantir a saúde da região, lavá-la com água e sabão neutro após a evacuação;

  • Não adiar as evacuações, já que este hábito pode causar grandes problemas no intestino;

  • Evite sentar-se durante muito tempo no vaso sanitário

  • Evite distrações durante a evacuação, como mexer no celular ou ler um livro. Essas distrações podem fazer você ficar por mais tempo sentado no vaso sanitário, o que aumenta a pressão na região e causa uma série de doenças e problemas intestinais.

  • Sentar correctamente no vaso sanitário

Deve, ainda, evite manipular o plicoma anal. Ao notá-lo você deve buscar o médico para saber se é necessário realizar a remoção.


Consulte sempre o seu médico, para lhe dar o diagnóstico correcto e opções de tratamento

574 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo