Blog

Impactação fecal

Se você costuma ter problemas para evacuar e precisa tomar laxantes (medicamentos que o ajudam a ir) regularmente, um dia poderá ter um problema sério de intestino chamado impactação fecal.


A impactação fecal é uma massa grande e dura de fezes que fica tão presa no cólon ou reto que você não consegue empurrá-la para fora. Este problema pode ser muito grave. Pode causar doenças graves ou até a morte se não for tratada. É mais comum entre idosos com problemas intestinais.

Causas

A impactação fecal é mais frequente no idoso. Existem alguns motivos comuns pelos quais você pode ter esse problema:

  • Constipação (prisão de ventre). A impactação fecal pode às vezes se desenvolver se você estiver constipado - ou seja, você tem o desejo de evacuar, mas não consegue prosseguir - e não recebe nenhum tratamento.

  • Laxantes. Se você toma laxantes com muita frequência, pode impedir seu corpo de "saber" quando é hora de evacuar. Seu corpo terá menos probabilidade de responder à vontade de ir, e as fezes podem se acumular no cólon ou reto.

  • Outros medicamentos. Alguns medicamentos opióides que tratam a dor podem retardar a digestão, aumentando a probabilidade de acumulação de fezes no cólon.

  • Nível de actividade. A falta de actividade física predispõe a prisão de ventre e impactação fecal.

  • Hábitos de evacuação. O hábito de adiar as evacuações, pode levar a uma impactação fecal com o tempo.


Sintomas

Normalmente, quando se tem uma impactação fecal, é provável que já tenha problema de prisão de ventre há algum tempo. E então, de repente, você pode ter outros sintomas, incluindo:

  • Diarreia muito aquosa

  • Diarreia ou fezes que vazam quando você tosse ou ri

  • Náusea ou vômito

  • Dor nas costas ou estômago

  • Desidratação

  • Pouca ou nenhuma urina (e nenhuma vontade de fazer xixi)

  • Barriga inchada

  • Problemas respiratórios

  • Batimento cardíaco muito rápido (taquicardia)

  • Pressão sanguínea baixa

  • Tontura

  • Febre

Se você está constipado e tem algum desses problemas, entre em contato com seu médico imediatamente. Muitas pessoas com impactação fecal são muito velhas ou têm outras doenças graves, portanto, esse problema pode ser fatal.


Diagnóstico

Existem várias maneiras do seu médico descobrir se você tem uma impactação fecal.

  • Seu historial médico. Seu médico irá perguntar com que frequência você vai a casa de banho, quando foi a última vez e se foi difícil. Eles precisarão saber se você costuma estar constipado e com que frequência usa laxantes. Outras perguntas que você pode esperar: Quanta água e outros líquidos você bebe, quanta fibra você ingere e quais medicamentos você toma?

  • Exame físico. Seu médico deve verificar sua saúde geral e realizar um exame retal digital.

  • Raio X. Seu médico pode detectar uma impactação fecal tirando imagens de raio-X de seu tórax e barriga.

  • Sigmoidoscopia. Durante este teste, seu médico usa um sigmoidoscópio (um instrumento fino, semelhante a um tubo com uma luz e uma lente) para procurar problemas dentro do cólon inferior na área mais próxima ao reto.


Tratamento

Quando você tem uma impactação fecal, você precisará remover a massa dura de fezes do cólon ou reto para melhorar. O tratamento mais comum para uma impactação fecal é um clister, que é um líquido especial que o médico introduz no reto para amolecer as fezes. Um clister muitas vezes faz com que você tenha evacuações, então é possível que você consiga empurrar a massa de fezes por conta própria, uma vez que tenha sido amolecida pelo enema. Às vezes, se um enema por si só não resolve, as fezes devem ser quebradas e removidas manualmente. Depois que a massa dura das fezes for removida, seus hábitos intestinais devem voltar ao normal, desde que você administre suas chances futuras de constipação.


Prevenção

Existem coisas que você pode fazer para ajudar a reduzir suas chances de impactação fecal:

  • Tome qualquer laxante (medicamento que facilita a evacuação) que o seu médico prescrever.

  • Mantenha-se ativo, mesmo que apenas faça uma caminhada diária.

  • Beba muita água e coma alimentos ricos em fibras para manter seus intestinos regulares.

  • Pergunte ao seu médico se os medicamentos que você está tomando podem causar problemas.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo