Blog

DOR ANAL: O que é? Causas? O que fazer?


O que é dor anal?

Dor anal é a dor que ocorre dentro ou ao redor do ânus e do reto (a última seção do intestino grosso que termina no ânus). Dor e sangramento do reto geralmente acompanham a dor anal. As pessoas podem sentir vergonha de perguntar ao médico sobre dor anal, mas é um sintoma comum de muitas condições médicas diferentes e geralmente é facilmente tratado. Embora a maioria das causas da dor anal seja benigna, a própria dor pode ser muito intensa devido às muitas terminações nervosas na região perianal.

O que causa dor anal?

Muitas condições diferentes podem causar dor anal. A maioria dos sintomas é pequena e desaparece rapidamente com o tratamento. Em casos raros, a dor anal é um sintoma de uma condição mais grave, como o câncer anal.

As causas comuns de dor anal incluem:

  • Abscesso anal: cavidade infectada causada por um bloqueio de glândulas no ânus

  • Fístula anal: um pequeno túnel que liga a glândula infectada no ânus a uma abertura na pele ao redor do ânus

  • Fissura anal: pequeno rasgo no revestimento do ânus, como um corte de papel

  • Hemorróidas: veias inchadas no reto ou ânus

  • Infecções: Bactérias ou vírus, incluindo infecções por fungos e doenças sexualmente transmissíveis

  • Doença inflamatória intestinal: condições como a doença de Crohn (o intestino fica inflamado e marcado com feridas) ou colite ulcerativa (pequenas úlceras no cólon e no reto que surgem periodicamente e causam fezes com sangue e diarréia)

  • Síndrome do elevador ani: espasmos musculares e dor ao redor do ânus

  • Disfunção do assoalho pélvico: quando os músculos do assoalho pélvico não relaxam adequadamente

  • Condições da pele: Distúrbios como psoríase e verrugas

Quando devo consultar o médico sobre dor anal?

Muitas causas de dor anal não precisam ser tratadas por um médico. Entretanto, para um diagnóstico e tratamento mais acurado, deve procurar ajuda do seu médico. Condições para visita obrigatória ao seu médico:

Dor anal acompanhada de

  • Acompanha um nódulo ou massa;

  • Não se sente melhor após 3 ou 4 dias;

  • Ocorre com sangramento do recto;

  • É grave o suficiente para interferir nas atividades diárias ou acordá-lo à noite;

  • É recorrente

Para isso, deve-se consultar um Coloproctologista, para melhor orientação diagnóstica e de tratamento.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo