Blog

Corrimento vaginal

Olá Meninas Hoje tiro o dia para falarmos um pouco sobre uma das queixas mais frequentes do consultório. O corrimento vaginal! Pois é, vocês ficam com a cabeleira em pé por causa dos corrimentos e tem toda a razão, não é confortável.

Para começo de conversa, é preciso entender que a vagina tem uma dinâmica muito específica e um ambiente próprio, o que inclui um equilíbrio específico de bactérias (próprias da vagina da mulher), pH e umidade. Esse equilibrio é sensível a mudanças, tanto de dentro do corpo, assim como de fora do corpo, e as vezes não é preciso muita coisa para que ele se perca.


Mas é preciso lembrar que nem todo corrimento é doença, nem todo corrimento precisa de um óvulo vaginal ou aquela "pomadinha" básica. Toda mulher em idade fértil tem um corrimento vaginal em pequena quantidade, é chamado de corrimento fisiológico, SIM o dito corrimento normal. Para que serve este? Sua função é umedecer, lubrificar e manter a vagina limpa e isso dificulta o surgimento de infecções.

Em alguns momentos do ciclo menstrual esse corrimento normal pode estar aumentado, por uma questão de estímulo hormonal, geralmente não tem cheiro fétido e não dá comichão. A diferença entre o conteúdo normal e o corrimento está na alteração da cor, do cheiro e na presença de sintomas como por exemplo desconforto na relação sexual, comichão, ardor entre outras. Na dúvida o melhor é sempre consultar o seu ginecologista!! Muitas mulheres acabam fazendo uso de remédios por conta própria, o que não é recomendado já que não é todo corrimento que necessita ser tratado! Em breve vamos falar mais sobre os diferentes tipos de corrimentos que podem acontecer! Fiquem de olho por aqui e se cuidem!


#Corrimentovaginal, #leucorreia, #draemiliaselemane, #ginecologista, #obstetra, #corrimentonormal, #progine, #saudefeminina, #saudedamulher.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo